quarta-feira, 3 de maio de 2017

Como Criar um Coven

Já fiz parte de grupos de estudo e covens, atualmente sou um bruxo
solitário, tenho experiência nas duas formas de “agir”.
E escrevi esse artigo para responder algumas perguntas sobre o tema e espero que possa ajudar as pessoas, não sou dono da verdade, mas também não sou o pai da mentira.


Como Criar um Coven?

Não existe uma respostas precisa para essa pergunta, mas a minha experiência diz:


1º: Comece Socializando com outros pagãos. Vá a eventos, piqueniques, convide o pessoal para ir ao parque, tomar umas bebidas juntos. Faça amigos que as vezes se reúnem para trocar experiência, fazer alguns rituais juntos, saírem juntos para fazer coisas mundanas, não mágicas. 
Vocês vão precisar formar laços antes de tentar fazer algo serio. 
O meu erro e o de muitos é colocar o carro na frente dos bois, tentam criar um coven com gente que mal conhece, não confia e não sabe as verdadeiras intenções é perigoso e pode dar muito errado, as vezes a pessoa não quer fazer parte de uma coisa seria como um coven, só esta curiosa sobre a magia e no que ela pode dar.

2º: Depois que você tiver uma rede de amigos crie um grupo de estudo. Tenham algumas regras simples e flexíveis, façam alguns rituais juntos, mas a grande diferença entre um grupo de estudo ou “circulo de estudo” para um coven é a seriedade e comprometimento. Tem pessoas que criam um coven, mas seus integrantes não possuem a mesma seriedade que o líder do coven (isso já aconteceu comigo, justamente por que eu pulei essa etapa e passei logo para a terceira). 
O correto seria o grupo de estudo durar um ano. Alguns afirmam que para o grupo de estudo não ficar desestabilizado com o entra e sai de membros, o grupo de estudo não pode receber novos membros depois de criado, mas isso é uma regra que os membros do grupo de estudo devem definir entre si. É normal que o grupo de estudo perca ao longo do tempo a metade ou até um terço de seus membros, não fique com raiva e nem guarde magoa das pessoas.  


3º: Reúna o grupo de estudos e formule o coven. Deixe claro as regras, defina um símbolo, lema, roupas que usarão, dias que se encontraram. E o mais importante é que todos devem trabalhar para criar as regras e concordar com todas elas.

Você quer fazer parte de um coven?

Sim, sinto que já estou pronto para voltar a “socializar”. Mas irei

fazer isso com calma, paciência, cuidado e da forma correta, o bom de ter fracassado varias vezes é que aprendi o que não devo fazer.

Quem quiser entrar em um grupo de estudo ou bater um papo eu moro em Taubaté – SP, meu nome é Marcus Vinicius Goes Soares (clique aqui e me adicione no Facebook), sou um bruxo moderno a 12 anos e tenho 26 anos de idade.

Leia Outros textos meus que falam sobre o tema de covens e
grupos:












terça-feira, 4 de abril de 2017

Motivos para a Magia Não Funcionar

Podemos resumir os motivos para duas razões obvias, o primeiro motivo “você fez a magia de forma errada”, o segundo “existe uma força maior que te impede”.


1º Motivo: Você fez Errado

Fazer magia é uma arte e não uma ciência exata, existem muitos fatores como dia, hora, lugar, pessoas, plantas, aromas, cores, objetos, palavras, pensamentos, tudo pode ajudar ou atrapalhar. Pense na magia, como um suco de fruta, e você esta juntando todos os ingredientes para fazer o mais puro e gostoso suco da polpa da fruta, você não quer usar o açúcar errado, ou estragado, ou uma fruta azeda, ou ainda, mexer com a colher suja.

Tudo tem que estar em sintonia, em harmonia, se não sua magia pode acabar indo para o objetivo errado.
Essa questão do objetivo é muito complicada, digamos que você quer dinheiro, pois você esta com dividas, e faz tudo direito, se esforça, acende os melhores incensos, não sei quantas velas usa, chama os deuses e os guardiões direitinho, mas você ao lançar o feitiço ou encantamento você disse “eu tenho dinheiro”.
Sim você tem, 1 real é dinheiro, um dos nossos problemas é que não temos precisão, ou usamos linguagem vaga, um outro problema é que fomos condicionados a não ter ambição, é errado querer muito, mas eu digo, da mesma forma que o universo trabalha com grandezas e escalas de tempo que parecem não ter fim, ele também trabalha com as pequenas coisas, anos luz e nanômetros, bilhões de anos e nano segundos.
Então você pediu por dinheiro, mas não especificou quanto seria, uma vez, junto a um grupo estávamos fazendo uma magia de desejos que envolviam prosperidade, pedidos como um carro novo, uma casa maior, um ótimo emprego fixo, uma grana extra, nada que fosse impossível.
E advinha, nada aconteceu, o primeiro erro é desejar muito de uma só vez, varias pessoas com suas idéias e pedidos juntas dividem entre si a energia do ritual, então não é muito legal trabalhar nossos desejos em grupo, só se for um único desejo como, amor em grupo, felicidade para o coven, alegria para todos, saúde para todos os envolvidos.

Também alguém pode pensar “coitada, ela nunca vai conseguir isso”, e acabar drenando a energia do ritual e com essa energia negativa acaba atrapalhando as coisas.


2º Motivo: A Uma Força Maior que te Impede

Pode ser uma entidade no plano espiritual te atrapalhando.
Porque um espírito me atrapalharia?
Problemas carmicos (ou karmicos, as duas grafias estão certas), você prejudicou varias pessoas na sua vida passada ou só um que ainda guarda rancor de você e o que ainda te odeia esta te atrapalhando.
Alguém pode ter feito uma amarração para você ou no popular uma “macumba” para te atrapalhar.
Existe a possibilidade que uma entidade tenha planos maiores para você que vão contra o seus planos.
Ou pode ser que alguém próximo de você que não tem ligação com a magia pode estar mandando ondas de inveja, raiva, preconceito e ódio para você e isso é mais comum do que imaginamos, sugiro que leia a minha postagem (Magia Simples de Proteção) e também a minha postagem (7 - Dicas para Purificar uma pessoa ou Ambiente).

Conselho: Você sempre pode fazer OUTRA magia e pode obter mais poder para realizar seus sonhos e vencer seus inimigos.

Por: Marcus Vinicius Goes Soares

sábado, 1 de abril de 2017

Magia Simples de Proteção


Dia: Quinta feira à noite
Lua: Lua cheia ou crescente

Material:
1 Folha em branco
Lápis ou caneta azul
Incenso de arruda
Essência ou óleo de arruda

1 – O Talismã:

Pegue a folha de papel, trace um circulo azul na folha, use um prato
ou vasilha redonda para fazer isso, e dentro escreva o seu nome completo e sua data de nascimento, se tiver um nome mágico o coloque no circulo também, o circulo deve ser bem grosso, pingue algumas gotas de arruda dentro do circulo e passe a folha na fumaça do incenso de arruda, dobre ele 7 vezes e coloque o junto do seu terceiro olho (espaço acima entre as suas sobrancelhas), visualize que você esta dentro de uma bolha de luz azul clara e nada te alcança, você esta invulnerável, as energias negativas estão tentando te atacar e elas não conseguem passar pela sua bolha de luz azul clara, então diga:

“Grande Mãe e Grande Pai, por favor, sejam o meu escudo para me defender, sejam a minha fortaleza nos momentos difíceis, por favor, Deusa da Paz e Senhor da Vitória, que eu nunca fique só e desamparado, que assim seja e assim se faça”

Esse papel se tornou seu amuleto de proteção, leve o junto com você, não permita que ninguém o toque ou veja seu conteúdo, ele vale por 28 dias, um ciclo lunar, depois de usar-lo, queime o.
Observação: Apesar dessa magia ser bem simples, sua eficácia depende da vontade de quem a faz, ou seja, se você não consegue visualizar a bolha azul direito, e não acredita na sua capacidade, ou na proteção divina, a magia não funcionara. Sugiro que faça exercícios mentais e ore aos deuses com freqüência, também leia: (7 - Dicas para Purificar uma pessoa ou Ambiente).


Por: Marcus Vinicius Goes Soares


Curta: Tenho Orgulho de ser Wiccan 


quarta-feira, 15 de março de 2017

Magia para Entrar em Contato com os Dragões

Leia também: Perguntas e Respostas Sobre a Magia dos Dragões
Leia também: Pergunta: Os Dragões podem me Rejeitar?

Esse é o primeiro artigo que eu escrevo no blog em 2017 (Meu Deus já Estamos em 2017!!!), isso por que eu estive muito ocupado com o meu livro, nos últimos anos sempre estive trabalhando em algum livro, já escrevi quatro, só falta publicar-los, fora os textos soltos e livros que eu comecei e nunca terminei, tem coisas que eu nem sei se um dia vou terminar.
Muitos novatos querem saber como fazer contato com os dragões, fazendo amigos alados de outra dimensão, usando a popular e ao mesmo tempo pouco conhecida, magia dos dragões.
Antes devo avisar que essa é uma magia bem parecida com outras de outros autores e com a que eu fiz a muito tempo, mas foi adaptada para facilitar aos novatos.

Material:
Uma Vela Vermelha
Incenso (Aroma Floral)
É importante que você coloque a imagem de um dragão encima do altar, seja estatua, dica, use uma foto que você achou linda e imprimiu, se não tiver nada, nem mesmo um bonequinho, não fique triste, a intenção é o que vale.
Se você tiver um altar, use ele, mas se não tiver, e a sua família são um bando de fanáticos religiosos pode usar um espaço pequeno improvisado que poça desmontar depois do ritual, contanto que o limpe bem antes e seja plano.
De preferência coloque uma toalha com imagem de um dragão, se não der tente usar uma toalha de mesa vermelha, se ainda não tiver, use uma toalha com flores ou frutas, contando que esteja limpa.
No altar deve ter uma taça de vinho, seria bom se fosse uma taça com a imagem de um dragão, mas se não tiver uma, use uma taça limpa, um punhal draconiano, ou seja, um punhal com aparência de

dragão, pode ser um pequeno, mas se não tiver um punhal use sua varinha, se não tiver nem uma varinha, use uma faca de cabo de madeira de preferência.

Alem de um pratinho com uma oferenda, isso deve ficar a sua escolha, normalmente eu ofereço pipoca, bolo, frutas, nunca carne ou sangue, ou partes animais.
E o principal é a vela vermelha que você pode comprar em qualquer casa de umbanda, escreva na vertical da vela vermelha a palavra DRAGÃO, coloque a vela no centro do altar Encima do altar coloque coisas bonitas como flores e cristais.
Se quiser traçar o circulo fique a vontade, mas essa magia não exige grandes cerimônias.

1 – Pedindo:
Acenda a vela, toque o punhal na chama da vela, depois erga o punhal com a mão direita e com a mão esquerda coloque sobre a chama da vela (cuidado para não se queimar.) então fale:

Draconis, Draconis, Draconis!
Dragões, seres de outro reino, ouçam o meu chamado, através dos mundos venham a mim.
Pois venho diante de vocês para demonstrar meu sincero desejo de ser seu amigo e entrar em seu reino para aprender com vocês.

Agora acenda o incenso na vela vermelha e erga cada oferenda que esta encima do altar enquanto fale: Eu humildemente ofereço esse (***) ao Dragão que desejar ser meu amigo. 


Se você tiver traçado o circulo, desfaça ele, espere a vela queimar por completo e depois coloque as oferendas comestíveis em um lugar que tenha natureza.
Fique atento em seus sonhos e projeções astrais, pois é através da mente é que eles entram em contato conosco.


Por: Marcus Vinicius Goes Soares

Curta: Tenho Orgulho de ser Wiccan