domingo, 23 de novembro de 2014

Símbolos do Sagrado Feminino


A Triluna:


Acima esta a “Triluna” ou “Lua Tríplice”, é um símbolo sagrado na religião Wicca, ela representa as três faces da vida, as três faces da Deusa, as três faces da magia, as três fases da Lua visto que a quarta não aparece, ele é símbolo do sagrado feminino, da magia e da Deusa, lua crescente, cheia e minguante.
Existem muitas deusas triplas, Hécate, Deusa tripla que ficava nas  encruzilhadas de três caminhos, ela ficava olhando sempre para os três lados ao mesmo tempo, ela era guardiã dos portões que separam os mundos, a ceifeira, acolhedora das almas, ela presidia o nascimento de novas almas, ela tinha uma companhia, um cão de três cabeças o Cerberus.


O Cálice:                 

Na antiguidade o feminino era sagrado e na igreja católica
“também é”, graças aos primeiros pagãos que não queriam abandonar o culto das deusas antigas, o triangulo invertido é símbolo do útero da mulher, símbolo da vagina o órgão sexual da mulher, o cálice é na verdade o triangulo invertido, o cálice é o símbolo do feminino e beber o vinho no cálice é como beber o sangue menstrual da divindade.
Na antiguidade os pagãos bebiam vinho e cerveja em canecos não em taças, os cálices ou taças eram usados apenas em momentos especiais, só as pessoas mais ricas tinham taças.


A Trikerta, Triske ou símbolo Triplo:


Triqueta ou Triquerta ou ainda Trikerta e Triske, mais pode chamar
de símbolo triplo, são tantos os nomes para tantos desenhos, porem todos simbolizam a mesma coisa, a triplicidade de tudo, Deus Pai, Deus Filho e espírito Santo, Donzela, Mãe e Anciã, lua crescente, cheia e minguante, juventude, maturidade e velhice.
O símbolo celta, usado pelos druidas e vikings, símbolo usado pelos bruxos, magos e pagãos de todos os tipos, símbolo usado pelas instituições que pesquisam a energia nuclear, o símbolo triplo é o nascimento, morte e renascimento, esse símbolo representa tudo que é triplo, e talvez a triplicidade seja o símbolo de nossa dimensão.




Por: Marcus Vinicius Goes Soares



Curta: Tenho Orgulho de ser Wiccan